segunda-feira, 30 de abril de 2012

Maio

Não quero saber da chuva, do frio ou dos abutres que insistem em pairar. Vou fazer de Maio um bom mês.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Hoje vi-me envolvida numa situação que provavelmente daqui a algum tempo - espero eu -, olhando para trás, vai fazer-me rir. Para já, faz-me pensar que o cabrão do karma pegou de ponta comigo.

E eu estou cansada. Estou mesmo cansada.

domingo, 22 de abril de 2012

terça-feira, 17 de abril de 2012

Dava jeito

Neste dia de chuva, vento e frio, vi uma Joaninha. Diz que traz sorte.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Ainda só é terça

Tenho uma dor de cabeça com 36 horas. Há 32 fiquei sem carro. Por causa disso, nas próximas 24, a minha conta bancária vai levar um rombo.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Da vizinhança

No Domingo de Páscoa, a minha vizinha da frente pôs pétalas de rosa na porta da entrada. No resto do ano põe sacos do lixo a empestar o corredor.

domingo, 8 de abril de 2012

Páscoa

Imagem tirada da net

Por aqui, Páscoa é Família. E eu vou agora ter com a minha.
Boa Páscoa!

quinta-feira, 5 de abril de 2012


O único gato - neste caso, gata - que quebrou todas as minhas defesas. Que se enroscou nas minhas pernas quando eu fiquei inerte de medo, que me pediu mimo fazendo-me esquecer que era eu quem precisava de o receber, que me ensinou a brincar em vez de fugir.
Nunca foi meu, mas adoptou-me carinhosamente e eu sabia que ele voltava sempre. E voltou, até não poder voltar mais. E eu chorei muito e tive a certeza que nunca mais encontraria um gato amigo.
Continuo a ter receio, desconfiança e respeito pelos gatos. Dificilmente me aproximo deles. Mas agora, sempre que me encontro com algum, já não viro a cara e faço de conta, agora digo 'olá bicho' e sorrio.
Ainda tenho saudades da gata que nunca foi minha.